n
otícias

WAS promove debate sobre prevenção de acidentes e resgate em atividades de aventura

da redação WAS

18.2.2019

No último dia 15 de fevereiro, na Livraria Leitura do BH Shopping, em Belo Horizonte, a World Adventure Society reuniu três especialistas em resgate para um bate-papo sobre a prevenção de acidentes em aventuras do ponto de vista do resgate. Participaram da mesa: Prof. Lemuel Araújo, da Polícia Civil de MG, Coronel Teixeira, do Corpo de Bombeiros de MG e Coronel Leite, da Força Aérea Brasileira, todos com grande experiência em atividades de resgate. Além dos especialistas, completou a mesa Al Andrich, presidente da WAS. O público presente reuniu cerca de oitenta pessoas muito interessadas nesse assunto que ganhou elevada importância nas últimas semanas devido a alguns acidentes que ganharam notoriedade na mídia, como o rompimento da barragem da Vale em Brumadinho e a morte dos montanhistas brasileiros no Fitz Roy. Várias perguntas foram respondidas e a importância maior dessa reunião foi a afirmativa unânime de todos que o mais importante é planejar para previnir. A capacitação e treinamento (atividade ministrada pelos profissionais que formaram a mesa) é o caminho mais certo para que o aventureiro saia preparado e tranquilo para todas as suas aventuras. “Hoje o mercado tem cursos disponíveis em várias modalidades para atender aos mais ávidos aventureiros, de atendimento pré hospitalar a sobrevivência, e esses caras aqui são os professores ideais para quem quer ter um treinamento de qualidade” afirmou Andrich sobre a capacidade dos especialistas em transmitir seus conhecimentos para alunos de suas turmas. Coronel Leite oferece um cursos de sobrevivência através de seu site: http://www.coronelleite.com Coronel Teixeira e Prof. Lemuel Araújo oferecem resgate, APH e outros através da ATAC Treinamentos :http://www.resgatetatico.com.br/tatico.html

World Adventure Society apoia ação de remoção de lixo no Monte Roraima

da redação WAS

23.6.2018

Para manter o monte Roraima limpo, de 18 a 28 de junho, 100 voluntários estão removendo o lixo acumulado no Roraima. A World Adventure Society, através de seu programa de sustentabilidade, finalizou esta campanha de arrecadação de itens de extrema necessidade para ajudar a manter os voluntários no trabalho pelo prazo nacessário para que a ação seja concluída com sucesso. O período de doações na região sudeste foi de 27/05 a 07/06 e a logística de transporte se desenvolveu de 08/06 a 16/06, período em que doações de Belo Horizonte e Vitória foram levadas à Base Aérea do Galeão, de onde partiram para a Base Aérea de Brasília e de lá para a Base Aérea de Manaus, de onde foram despachadas em ônibus de linha para finalmente chegarem a Boa Vista. Dali, foram levadas para a Venezuela por Magno Souza, embaixador da WAS no estado de Roraima, e recebidas por Odimar Lopez, embaixadora da WAS na Venezuela e diretora na Câmara Binacional de Turismo Venezuela-Brasil. As doações não se limitaram aos itens da ação de remoção do lixo, mas houve também roupas, remédios e alimentos para a comunidade indígena de Paraitepui, porta de entrada do Monte Roraima, onde se concentra o início de todas as expedições ao Patrimônio Natural da Humanidade. Entre os itens doados estavam 40 barracas e 100 squeezes provenientes da Decathlon. Vinte barracas de 2 lugares e outras vinte de 3 lugares estão dando abrigo a cem pessoas envolvidas na missão. Houve também doações em dinheiro que custearam parte da logística e permitiram a compra remédios e alimentos necessários que não foram doados. A ação teve o apoio da Adventure Sports Fair na divulgação. Para o Ano de 2019, a WAS está em diálogo com a Adventure para lançar a campanha durante o evento em outubro. Participaram como pontos de coleta em São Paulo: Curtlo, DreamPass, Velodrome, Toca do Mergulhador e Jornada Sub. Em Minas Gerais: Decathlon, Serra Adventure, Jasper Mountain Hardware, E-Militar, SBR Café. Em Roraima: Roraima Adventures. No Rio de Janeiro: On The Rocks Aventuras, Marcela Lins Expedições. No Espírito Santo: Casa Marlin, Rogério Von Randow.

Por quê fazer um curso de sobrevivência?

fonte: divulgação

13.5.2018

Um curso de sobrevivência é uma ferramenta que transforma o comportamento humano e produz resultados imediatos na vida pessoal e profissional de cada um de seus participantes. Ao aprender as técnicas básicas desta atividade (obtenção de água e fogo, obtenção de alimentos, orientação, transposição de curso d’água e tantas outras) o aluno é levado a potencializar sua criatividade e percebe cada vez mais que é possível transpor muitos obstáculos com os recursos disponíveis. Não serve somente para os ambientes inóspitos, serve para o cotidiano, para o trabalho, para a escola, para a vida em geral. Esse tipo de atividade desenvolve no grupo a prática do trabalho em equipe, além de explorar de forma efetiva as habilidades de cada um. Os comportamentos de segurança e conhecimento prático que um curso de sobrevivência proporciona podem servir para qualquer situação da vida. Sobreviver é um trabalho coeso entre o corpo e a mente, e como a mente domina o corpo, é importantíssimo manter a calma e o foco. “As primeiras ações a se pensar em qualquer situação adversa de emergência são as ações imediatas após o acidente/incidente. É preciso abandonar o local que oferece risco. Depois, deve-se aplicar os primeiros socorros e, só então, começar as ações práticas de sobrevivência, que vão prover fogo, água, abrigo e alimentação. Contudo, nada disso será totalmente eficiente sem a determinação e a vontade de viver. Isso trará o equilíbrio emocional necessário ao sucesso de todas as técnicas empregadas.” – Coronel Leite, Especialista em Resgate - Força Aérea. O curso é composto por teoria e prática e no valor da inscrição está incluído uma mochila DEUTER com todos os ítens necessários a realização do curso, que os alunos levarão pra casa. Será realizado no Rio de Janeiro, numa ilha na Costa Verde. O ponto de encontro (ida e volta) é no aeroporto Galeão. As informações completas estão em: https://coronelleite.com.br/curso-de-sobrevivencia/

Está rolando este mês a 11ª edição do Mairiporã Ecofest Adventure!

fonte: divulgação

7.11.2017

Evento que tem apoio institucional da World Adventure Society reúne pelo décimo-primeiro ano consecutivo, diversas modalidades esportivas relacionadas à aventura e natureza, promovendo passeios e competições na busca pela integração e conscientização da sociedade para a proteção do meio ambiente e acentuar ainda mais o potencial Ecoturístico de Mairiporã e da região do Circuito Turístico Entre Serras e Águas. O evento foi criado para agregar os praticantes e aventureiros num evento onde se pratique efetivamente diversas modalidades em locais apropriados e além de tudo a questão principal é preocupar-se com a proteção ao Meio Ambiente, ANatureza que é a principal matéria prima da Aventura. Em 2017, o Evento marca o importante momento e crescimento do Esporte de Aventura no Brasil, e principalmente em Mairiporã, com o início das atividades na Pedreira Dib Adventure e a realização de vários eventos durante o ano, além da concretização de diversas parcerias e maior atenção do poder público local, Mairiporã foi palco do Circuito Radical da Rede Globo com apla cobertura no Esporte Espetacular. Com o passar do anos, aumentou seu foco na questão ambiental com campanhas e que torna um facilitador na realização de nossas atividades pró-ambientais durante o ano todo. O Mairiporã Ecofest Adventure entrou de vez no circuito de eventos esportivos de aventura de forma muito abrangente, que atende seus praticantes e ao mesmo tempo abre portas para o conhecimento de outros públicos. Mantendo seu foco na difusão dos esportes de aventura e não convencionais, mas principalmente na educação ambiental afim de preservar e recuperar nosso patrimônio natural. Aspira ser visto como um evento que utiliza, educa, recupera e preserva o Meio Ambiente.As modalidades em destaque são Rapel, Escalada, Caminhada Ecológica, Passeio Ciclístico, Canoagem, Vela e Remo, Corrida, Bike: Dirt Jump, Montain Bike: Dowhill e Cross Country, Jet Bóia, Skate, Fitness, Slackline, Paintball, Agility, Caiaque, Balão: vôo panorâmico, Big Foot, Oficinas.A missão do Mairiporã Ecofest Adventure é receber grupos para atividades de Aventura num contato muito próximo com a Natureza, sempre por sua preservação e recuperação. Aplicar métodos que induzam a educação ambiental e incentivo ao trabalho em grupo e integração. Atender um publico abrangente de idades entre 7 e 65 anos, que tenham condições físicas e que procuram uma melhor qualidade de vida. Trabalhar e desenvolvimento do EcoTurismo e ajudar no desenvolvimento do município para tais atividades com o aquecimento do comércio local e incentivar atitudes empreendedoras.A visão dos organizadores é que o Ecofest Adventure se firme como o maior evento de esportes de aventura, integrando os calendários oficiais das modalidades e promovendo a preservação do meio ambiente de forma integrada, estruturando o turismo e o desenvolvimento sustentável da região.Clique aqui para o site do evento…

Embaixadores WAS de Nepal e Singapura colaboram na educação ambiental para crianças e jovens em Kathmandu

Sunil C. Sharma – WAS Nepal

20.12.2016

Kathmandu, Nepal – Dois embaixadores do Nepal e um de Cingapura planejaram e deram aulas de proteção ambiental baseadas em princípios de Leave No Trace (técnica de mínimo impacto em atividades outdoor) para estudantes do ensino médio e secundário no distrito de Lalitpur, no Nepal. Raj Tamang, Sunil Chandra Sharma (Nepal) e Jia Jian Koh (Singapura) planejaram ministrar o programa às crianças da escola durante a visita de Jia Jian ao Nepal para um trekking na região do Monte Everest. “Esta é a primeira de muitas dessas cooperações a serem realizadas pelos embaixadores asiáticos”, diz Sunil C. Sharma, que ajudou pessoalmente o presidente da WAS, Al Andrich, a negociar a entrada de vários embaixadores asiáticos. Ele planeja ter mais atividades combinadas entre os embaixadores para expandir o alcance da World Adventure Society para as pessoas. A primeira sessão do programa foi ministrada em uma escola ambientalmente engajada chamada Vajra Academy, situada nos arredores do distrito de Lalitpur, no vale de Katmandu, em 18 de dezembro de 2016. Nesta escola, os alunos foram extremamente disciplinados e se mostraram bem informados. Eles foram participativos e se envolveram completamente na temática, mantendo os embaixadores da WAS ocupados com suas perguntas inteligentes por mais de duas horas. Ao final, aprenderam a evitar ou minimizar os impactos de nossas atividades ao ar livre sobre a Mãe Natureza. Eles também aprenderam maneiras de garantir sua própria segurança na natureza e serem colaborativos e solidários com companheiros de aventura. Em 19 de dezembro, os embaixadores chegaram à Escola Secundária Sudesha localizada em Bhainsepati. Neste local, realizaram duas sessões, uma para um pequeno grupo de escoteiros do distrito de Lalitpur e outra para alunos do sétimo e oitavo anos. Ambas as Sessões foram organizadas pelo Rover Leader, Sr. Satya Narayan Shahi, do distrito escoteiro de Lalitpur, Nepal. O Nepal Scout organizou esta sessão com muito profissionalismo. A sessão foi presidida pelo diretor da escola, Sr. Madhusudan Lohani. Os Embaixadores tiveram uma cordial recepção promovida pelos Scout Cadets e todos honraram os hinos nacionais de Nepal e Singapura antes iniciar formalmente a sessão. Mais uma vez, os embaixadores foram cativados pelo nível de entusiasmo dos alunos em aprender e descobrir mais sobre o assunto, fazendo uma boa pergunta após outra, cujas respostas beneficiam todos. Os estudantes mais velhos até perguntaram se poderiam se tornar membros da World Adventure Society. Sunil C. Sharma diz que “foi muito encorajador ouvir que eles queriam ser membros da WAS em tão tenra idade. Este é definitivamente um bom sinal de que a WAS está transmitindo uma imagem positiva para o mundo”. A WAS agradece à Sra. Achala Thapa, dos Escoteiros do Nepal, por ajudar a coordenar os dois dias de sessões de treinamento.

Lançamento da primeira base WAS em Socorro-SP

da redação WAS

29.10.2016

Iniciando o trabalho de ativar bases em todo o mundo, a WAS dá o primeiro passo em 29/10/2016 e ativa a primeira base em Socorro, SP. A base está situada na Pedra Bela Vista. Uma base WAS é um local de prática de esportes de aventura que pode desempenhar o papel de captador de associados.Com pouco mais de 15 dias desde o lançamento oficial da World Adventure Society – WAS, a associação comemora a primeira base WAS de aventura – A PedraBela Vista, em Socorro, que recebeu a placa inaugural em uma festa recheada de atrações, no dia 29 de outubro.Agora, a Pedra Bela Vista será um ponto de referência e suporte para os aventureiros associados à WAS, assim como as novas bases que já estão fazendo parte do time.A festa foi marcada por um Adventure Crossoroads Outdoor, com um time bastante especial: Arthur Simões, Evandro Duarte e Daniel Rosa. Evandro abriu o dia de palestras falando sobre a importância da aventura segura, especialmente na escalada –esporte que pratica há mais de 20 anos. O escalador falou sobre os cuidados com os equipamentos, e a atenção que o praticante deve ter com as cordas e nós utilizados na atividade. Em seguida, Arthur falou sobre sua experiência com o cicloturismo e a impressionante volta ao mundo feita a bordo de sua bicicleta.Como organizar uma viagem, a concentração nos objetivos, as aventuras, pessoas reais e o mundo como ele realmente é foram alguns temas abordados por Arthur durante o encontro.O fotógrafo Daniel Rosa encerrou o ciclo de palestras com dicas para fotografar o por do sol. Após uma breve orientação teórica, o grupo partiu para a prática, fotografando um dos cenários mais bonitos do interior paulista.Para encerrar a noite de comemorações, muita música rolou até a madrugada, com as bandas Dona Rute, Bluzzeira de Responsa e DJ Discolando.

Lançamento público da World Adventure Society

Andina Comunicação

12.10.2016

No dia 12/10/16 foi lançada oficialmente ao público a World Adventure Society durante o evento Adventure Sports Fair, no pavilhão de eventos São Paulo Expo, em São Paulo. A WAS se instalou num estande de 100 metros quadrados cedido pela organização do evento e foi alvo de grande atenção de aventureiros e curiosos.‍World Adventure Society está na Adventure Sports Fair distribuindo aventuras para seus associados Associação internacional com sede no Brasil busca adesão de novos sócios que terão informações e vantagens de parceiros para viabilizar suas aventurasA World Adventure Society (WAS), uma organização sem fins lucrativos que promove a aventura como estilo de vida, está na Adventure Sports Fair 2016 para apresentar sua estrutura de parceiros pelo mundo, que podem ser conselheiros dos associados que desejam obter informações de como programar uma aventura. E para atrair o público que tem interesse por aventuras, mas não sabe como realizá-las, a WAS vai sortear uma série de prêmios, como um trekking pelo monte Roraima, saídas para mergulhos em Abrolhos,Natal e Laje de Santos, além diversos outros destinos e produtos relacionados ao mundo da aventura.“A WAS promove a aventura como estilo de vida saudável, responsável, inclusivo e sustentável. Somos um clube de aventureiros que interage uns com os outros para conhecer as melhores práticas, estratégias e técnicas sobre qualquer tipo de aventura e atividade ao ar livre. A troca de informações é essencial para incentivar desde os projetos dos iniciantes até os mais complexos, como escalar as montanhas do Himalaia”, explica Al Andrich, presidente da World Adventure Society.Atualmente a rede de aventureiros está em 30países, com embaixadores da WAS nomeados para promover o conhecimento sobre aventura com o resto do mundo, além de eventualmente dar algum tipo de suporte a seus associados. No Brasil, sede da WAS, diversos aventureiros fazem parte dessa rede. Richard Rasmussen, Karina Oliani, Cristian Dimitrius, Karol Meyer, Beto Pandiani e muitos outros nomes importantes fazem parte da organização. No estande da WAS na Adventure Sports Fair, que está no São Paulo Expo até domingo, dia 16, o interessado pode realizar seu cadastro como membro pagando uma taxa anual de R$ 180 (equivalente a R$ 15 por mês). Durante o evento, ele poderá fazer contato com alguns dos aventureiros membros da organização, além de ter acesso a descontos exclusivos para produtos e serviços de empresas parceiras que atuam na área de aventura pelo mundo. “Nossos princípios de promoção da aventura como estilo de vida são guiados por quatro pilares: saúde, responsabilidade, inclusão e sustentabilidade. Já estamos nos tornando a principal rede de aventureiros que buscam praticar esportes ao ar livre e interagir com a natureza e outras pessoas em qualquer lugar do mundo”, afirma Al Andrich. ‍Como surgiu a WASO nascimento da WAS e o início de suas atividades de apoio e suporte aos expedicionários é uma iniciativa de grandes aventureiros brasileiros, empresários da área, ambientalistas e jornalistas que nas últimas décadas desenvolveram uma visão comum de aventura como estilo de vida saudável, promovendo impactos positivos para o meio ambiente.A WAS pretende ser um clube, um hub global com a missão de desenvolver, incentivar, dar suporte e promover atividades de aventura relacionada a esportes e viagens no ambiente natural. ”Temos a compreensão de que qualquer pessoa que realiza esportes e aventuras na natureza desenvolve um respeito e sentido de proteção pelo meio ambiente”, explica Al Andrich, presidente da World Adventure Society.O grupo de fundadores da WAS reúne importantes representantes da atividade de aventura no Brasil. Os conselheiros Max Fercondini, Maximo Kausch e Renato Castanho, além de outros nomes ligados a esse mercado, participam da construção de projetos de aventura desenvolvendo produtos ou atividades de consultoria e suporte aos aventureiros.

uma foto, uma história
página de histórias
relatos de aventuras
página de relatos
artigos
página de artigos
colunas
página de colunas
alguns de nossos autores
página dos autores
últimos vídeos
Teaser do programa Kaiak
Kaiak no Vulcão Kilauea
Mergulho em Caverna: Ginnie Springs
Mundo por Terra – Time-lapse Ally Canoe
canal was
galerias de fotos
ver galerias
one world, one life, one great adventure