Karina Oliani quer cume em 2 dias

Esse belo lugar com céu azul e neve branquinha não é necessariamente o que a K.O. vai encontrar na subida rumo ao cume. O K2 é conhecido por ser uma montanha traiçoeira que pode matar com facilidade quem a desafia.

A aventureira Karina Oliani, embaixadora global da WAS, já terminou o primeiro ciclo de aclimatação e está na reta final para encarar o desafio que talvez seja o mais difícil de sua vida: escalar o K2. O tempo está melhorando e ela sairá com seus companheiro de expedição, Máximo Kausch – recordista mundial de ascensão em montanhas acima de 6.000m – e Lakpa Temba. Eles estão bem animados e sairão para atacar o cume dentro de 2 dias

Vista do acampamento.

De bom humor e cheia de expectativas, Karina diz não sentir medo ou insegurança, mas vontade e motivação.

O ataque ao cume é a reta final de uma escalada como essa, mas o trabalho duro começa bem antes.

divulgação
11/7/2019
voltar para notícias